6/07/2009

Sobre as siglas PCD,PPD e PNE.


Atualmente são utilizadas diversas siglas para definir pessoas com deficiência.
PPD (Pessoa Portadora de Deficiência) - Essa sigla é utilizada em toda a legislação brasileira quando se fala de pessoas com deficiência mas está desatualizada, conforme a convenção da ONU dos Direitos das Pessoas com Deficiência confirmada no Brasil no ano passado. agora deve ser substituída por PCD.
PCD (Pessoa com Deficiência) - É usada para se referir às pessoas que possuem deficiência física, auditiva, visual, intelectual ou múltipla (duas ou mais deficiências).
PNE (Pessoa com Necessidades Especiais) - Se refere a um grupo que inclui idosos, gestantes obesos, pessoas com deficiência e toda pessoa com uma necessidade especial (dificuldade de aprendizado, por exemplo).

9 comentários:

Adriana Irigaray disse...

Oí Cristiane, são conceitos diferentes e importantes que trazem as verdadeiras necessidades de cada pessoa. Até um acento maior, por ser obeso, por exemplo.
Abraços
Adriana

Beatriz disse...

Na verdade, em algum momento somos portadores de alguma necessidade especial. Essa lógica nos ajuda a tornar o problema menos sidícil e mais concreto.
Um abração
Bea

Sérgio Rodrigo disse...

Parabéns!
Ótima matéria.
Abraços.
Sérgio Rodrigo

Caroline Garcia disse...

Show de bola, Cristiane, em poucas palavras esclareceu uma dúvida que surge diariamente: como nos referirmos corretamente às pessoas, sem ser ofensivos. Trabalho com colegas PPD's e nosso relacionamento é bem legal porque sempre usamos de franqueza uns com os outros.

andrea disse...

Cristiane existe alguma nova sigla para se definir deficiente físico que não seja PCD?

Gilsimeire Gonçalves Vieira Pereira Meire disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gilsimeire Gonçalves Vieira Pereira Meire disse...

Bom dia!
Muito boa a explicação, até o momento eu não sabia a diferença entre as siglas.

Joaquim Oliveira disse...

Sou um PcD, a matéria é importante para esclarecer a muitos, sobre essa quantidade de siglas. Porém, precisamos lutar mais por ações concretas para essa parcela da sociedade. A exemplo do passe livre nacional, pois a deficiência acompanha a pessoa em qualquer parte do território nacional, e hoje essa regra (passe livre) só vale para o município onde a pessoa reside, exigindo que você perca esse direito e sair do local onde reside.

abraço,

Joaquim

Andréia Marinho disse...


Gostei da forma como vocè descreveu as siglas, foi bem didática,Parabéns !!